terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Na caverna do desânimo.

   Mesmo após uma vitória, mesmo após vermos milagres da parte de Deus, ninguém está livre de sofrer aquele terrível sentimento chamado: desânimo.
Meditando na vida do profeta Elias, vemos claramente que esse sentimento não vêm apenas sobre pessoas que são infiéis aos estatutos do Senhor, mas também, sobre a vida de servos fiéis. Elias viveu em meio a atuações poderosas da parte do Senhor, obedeceu a cada direção que lhe foi dada. E ainda assim, passou por esse terrível momento, em que o medo, a incerteza sobrevieram ao seu coração. Leia em 1Reis 19.


Depois de uma ameaça, palavras liberadas contra ele, refugiou-se em uma caverna....... mas Deus o visitou naquele lugar.
Deus não estava em meio ao forte vento, nem no terremoto e nem em meio ao fogo, mas na suave brisa que alcançou Elias.








Quem sabe não será neste mesmo lugar que Deus está esperando você???? Fora do agito do dia-a-dia, do movimento da tecnologia moderna, mas no mais íntimo de seu coração??
O que você está esperando? Como foi dito a Elias, o Senhor conserva ainda muitos joelhos que não têm se dobrado à Baal! Una-se a esse Corpo que em comunhão busca a face do Senhor. Busque a Jesus. Busque o plano que Ele tem especialmente para sua vida. Ele não só nos tira de qualquer prisão, Ele dá o sentido real às nossas vidas.
Quero estimulá-lo a buscar entender essas perguntas que assolam seu ser, pois Cristo é a resposta !!!!!!!!!!!


Deus te abençoe.

Um comentário:

Antonio Batalha disse...

Quantas vezes o cristão pensa que está só, e desanima, é por isso que a Bíblia nos exorta vezes sem conta a termos ânimo.Ânimo ao falarmos de Jesus, ao cantarmos louvor, na música, nas pregações, no nosso dever diário, mesmo nas pelejas ou nas doenças. O ânimo não é só bonéfico para nós próprios, como também o é para os que nos rodeiam. Paz minha irmã, bom pensamento, e uma semana abençoada.