terça-feira, 9 de novembro de 2010

A LIBERDADE NA ADORAÇÃO


Desde que conheci o Amor de Deus, sirvo-O, usando a música como meio de louvor e adoração, e de fato é uma forma maravilhosa de aproximar-me Dele.
Quando trabalhamos com música, para Deus, na Igreja, é normal buscarmos cada vez mais a perfeição isso em termos de ensaios, dedicação, para fazermos o melhor. E às vezes isso perigosamente pode tornar-se mecânico, "automático".
Normalmente vêm sobre os ministros de louvor, um peso, uma cobrança até mesmo, para que eles levem pessoas a louvarem ao Senhor em Cultos públicos, e isso é perfeitamente compreensível.
O que eu gostaria de compartilhar nesse momento, é uma experiência que tive a pouco tempo.
Em um dia comum, fazendo algo comum, comecei a cantar uma canção que normalmente entôo. Quando percebi, estava prestando atenção no tom da música, se eu estava desafinando, a colocação das palavras e aquilo me cansou de tal maneira (não me entenda mal, não me cansei de louvar a Deus), que parei tudo que estava fazendo e disse ao Senhor: não quero saber se estou desafinando, se estou fora do ritmo, se as palavras estão corretas, eu só quero te adorar!!!! Só isso. Somente eu e o Senhor.
No momento que fiz isso, senti uma liberdade tão grande, creio eu, ser como aquela liberdade com que Cristo me libertou!!! Algo maravilhoso.


Mesmo após alguns anos que já sirvo à Jesus, o que me fascina é a novidade de vida que o Evangelho promete e cumpre. A cada dia Ele deseja nos guiar e nos ensinar em amor.
Serví-Lo nunca deverá ser um peso, uma mesmice, mas algo renovador, algo que nos atraia.
Talvez você que lê nesse momento também passou, ou até passa uma situação parecida. Podemos sim, ser organizados, treinados para fazer as coisas com excelência, mas nada pode tirar de nós a verdadeira essência da adoração, que é a liberdade no coração, em verdadeiramente colocar JESUS acima de tudo e todos, algo pessoal e íntimo com ELE.


Sinceramente, deve ser o desejo de atraí-Lo para mais perto de nós................essa é a verdadeira liberdade na adoração!

Um comentário:

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Maravilhoso.....você está certissíma.

O mecanismo afsta o Espirito Santo de nós ao invés de atraí-lo.

De fato precisamos é orar ao senhor para que sempre tenhamos fome e sede da sua presença. Insaciável...

Um ótimo ano de 2011 cheio de Deus para vc e sua casa.

Pra. Thaís Itaborahy
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com