sábado, 2 de abril de 2011

O Púlpito e Eu. Repostagem







Imagine comigo, mas imagine mesmo!
Pense na possibilidade de você ver alguém por aí, carregando um púlpito........

Agora.....partindo do princípio que muitos acreditam ser apenas esse o lugar onde podemos pregar a Palavra, o que serão dos cristãos que não possuem um??
O que serão daqueles que não "aspiram" ao ministério?
E o que dizer dos que tem pavor para falar em público?
E dos que defendem piamente, que mulheres não podem encontrar-se nesse lugar? 


Diz a Palavra de Deus, que a natureza criada, geme, e anseia pela manifestação dos filhos de Deus.
E, obviamente,aqui,filhos valem para homens e mulheres.
Vou tentar exemplificar de forma mais direta: MINHA VIDA=PÚLPITO.

Minha vida=minha pregação.Por mais que um cristão, que professe a fé em Jesus, insista em dizer que não foi chamado para pregar o Evangelho, em nada isso mudará, o que realmente afeta a vida das pessoas à sua volta: sua vida é observada.

Em Marcos 16:15 diz ainda:Ide, pregai o Evangelho a toda criatura.
E não diz que isso se aplica somente aos pastores ou ministros do Evangelho, mas sim, aos discípulos, aos que tem aprendido com um Mestre, e claro que este é Jesus.


E você tem carregado o seu púlpito ou deixado a cada DOMINGO em sua Congregação?



5 comentários:

Laiza Almeida disse...

Querida, obg pela sua visita e participação no meu blog, tb ja estou por aqui e peço que Deus continue te usando para o louvor da Sua glória, fica na paz!!!

Lloyd disse...

I really enjoyed reading the posts on your blog. I would like to invite you to my blog to check it out. God bless, Lloyd

Laiza Almeida disse...

É linda mesmo né. É da cantora Bruna Karla, o título do cd é Advogado Fiel. Tenha uma semana abençoada.

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

E ser-me-eis minhas testemunhas.

Pra. Nana Van Vessen disse...

Oi minha amiga querida,

Saudades. Passei para lhe dar um oi e parabenizá-la pela bela postagem. É mister
de cada cristão ser uma carta viva, como o apóstolo Paulo mencionou, ou seja, nosso púlpito deve ser nossa própria vida como você muito bem colocou aqui. Que todos tenhamos essa consciência e vivamos o evangelho de fato e não sejamos meros religiosos.

Bjs,
Pra. Nana Van Vessen
http://www.maisdavida.com
http://www.palavradevida.wordpress.com